Sinais da Palavra

4º Domingo da Quaresma – Ano B

Dizia-nos São Paulo: «a salvação não vem de vós: é dom de Deus».

A nós cabe-nos aceitar esse mesmo dom, essa mesma oferta que Deus nos faz em Seu Filho, dando-nos de novo a vida, «a nós que estávamos mortos por causa dos nossos pecados».

E Deus, que não esquece a Sua Aliança, mesmo diante das nossas infidelidades, tal como o povo de Israel que não fazia caso da Sua Palavra, dos seus mensageiros, continua a mostrar a sua misericórdia, o quanto nos ama, dando-nos o Seu Filho, que, ao morrer por nós na Cruz, nos diz que Deus nos ama sem limites.

Ás vezes, é preciso que os «templos» dos nossos orgulhos e fraquezas humanas sejam destruídos, como o templo de Jerusalém na altura do exílio, para então fazermos corretamente da nossa vida o templo onde Deus quer morar, onde Se quer fazer presença de vida e vida sem fim.

Que a Cruz seja para todos hoje sinal desse amor de Deus que dá a vida eterna. Acreditemos no Filho de Deus, elevado na Cruz, para n’Ele alcançarmos a eternidade, deixando-nos iluminar por essa Luz que em nós brilhará para sempre.

Um desafio que nos deixa a palavra, esta semana: contemplar a Cruz, mostrando-a em gestos concretos de amor cristão, de quem dá a vida nas pequenas coisas… fazer uma experiência mais forte de oração interior, deixando que Deus habite em nós…

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo