Sinais da Palavra

5º Domingo da Quaresma – Ano B

Dias virão, promete o Senhor por meio do profeta Isaías, em que a Sua aliança será impressa no nosso coração e não a poderemos recusar ou falhar perante ela.

Dias virão em que o Senhor, porque nos ama e quer salvar, fará cumprir as suas palavras: «vou perdoar os seus pecados e não mais recordarei as suas faltas».

Por isso, também nós pedimos com toda a verdade: «dai-me, Senhor, um coração puro», para que possa ser verdade também esse aproximarmo-nos mais desse amor feito obediência, à maneira de Jesus Cristo, «obediência no sofrimento» para ser para todos «causa de salvação eterna», como recordava a epístola aos Hebreus.

«Chegou a hora», diz-nos Jesus no evangelho, não de uma glória estéril, não o do ver Jesus sem mais, ficando apenas no ver, na contemplação, mas a da glória que se alcança na Cruz, dando a vida, a do ver aprendendo também nós a dar a vida, a exemplo do Senhor, «o grão de trigo lançado à terra», que morre para dar muito fruto.

Ecoem também hoje, num mundo que tantas vezes apenas pensa no imediato, as palavras do Senhor, que nos diz: «Se alguém Me quiser servir, que Me siga, e onde Eu estiver, ali estará também o meu servo».

Um desafio que nos deixa a palavra, esta semana: deixar «morrer» tanto em nós que é inútil e estéril, dando vida à atitude de quem se entrega, de quem segue Jesus até à Cruz, até à Vida. Aprender a dar valor ao que em nós dá vida…

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo