Sinais da Palavra

6º Domingo de Páscoa – Ano A

Por: Pe. Nuno Azevedo

Continuar a ver o que os olhos não veem, sentir a presença de Alguém que parte, mas diz, na sua partida: «daqui a pouco o mundo já não Me verá, mas vós ver-Me-eis, porque Eu vivo e vós vivereis».

E ver, pela fé e uma esperança inabalável, este Jesus vivo e presente no meio de nós… E deixar que esta presença, que sentimos e anunciamos, transforme o mundo, o nosso mundo, porque cumprimos os seus mandamentos, apenas porque O amamos e continuamos no mundo a Sua obra de salvação…

Porque hoje, como após a ação de Filipe na Samaria, também nós recebemos a vinda do Espírito Santo, que nos confirma na fé, e nos une numa única e só Igreja, acabando com as divisões e cismas. Porque o Espírito Paráclito, promessa de Jesus aos seus discípulos, ainda hoje «habita convosco e está em vós».

E que melhor forma de mostrarmos ao mundo essa mesma presença do Senhor ressuscitado em nossos corações do que aceitando os seus mandamentos e cumprindo-os, fazendo da nossa vida «conservando uma boa consciência», como lembrava São Pedro, o melhor anúncio do Evangelho, missionários nas nossas comunidades, «prontos sempre a responder, a quem quer que seja, sobre a razão da vossa esperança».

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Ver também

Close
Back to top button