Sinais da Palavra

6º Domingo de Páscoa – Ano C

Por: Pe. Nuno Azevedo

Ainda caminhamos para essa “cidade santa de Jerusalém, que descia do céu, da presença de Deus”.

Ainda a temos como meta, como objetivo a alcançar. E para ela caminhamos na fé.

Mas, se caminhamos para essa morada junto de Deus, sejamos também a sua morada, como Jesus nos lembrava no evangelho: “quem Me ama guardará a minha palavra e meu Pai o amará; Nós viremos a ele e faremos nele a nossa morada”.

Ser a morada de Deus, acolhendo o Espírito Santo que “vos ensinará todas as coisas e vos recordará tudo o que Eu vos disse”. Acolhendo essa paz que o Senhor nos dá: “deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz”. Vivendo essa mesma paz e esperança: “não se perturbe nem se intimide o vosso coração”.

Saibamos hoje ser essa igreja animada pelo Espírito Santo, conduzida pelos Apóstolos, que nos recordava a primeira leitura: “o Espírito Santo e nós decidimos”. Aberta a todos os povos da terra, mas unida em Cristo Jesus.

Esse mesmo Jesus que nos diz: “vou partir, mas voltarei para junto de vós”.

E, assim o rezamos: “Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!”


Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo