Viseu

Almeida Henriques quer uma reposta estruturada do Governo para os equipamentos e testes em lares e IPSS

O presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, apelou a uma “resposta estruturada do Governo” face ao equipamento de proteção e realização de testes de Covid-19 nos lares e nas instituições particulares de solidariedade social (IPSS).

Em comunicado o autarca afirma que cabe aos Ministérios da Saúde e da Solidariedade Emprego e Segurança Social uma “resposta efetiva e estruturada”, em colaboração com os municípios.

Almeida Henriques pede ainda ao Ministério da Solidariedade Emprego e Segurança Social “soluções para o fornecimento de equipamentos de proteção individual” naquelas que são as instituições que acolhem a população de risco.

“O Município de Viseu está disponível para fazer parte desta resposta, como de resto já aconteceu, com um apoio de retaguarda a situações de emergência destas instituições”, diz o autarca. No entanto o presidente da Câmara Municipal de Viseu lembra que a definição de uma política e a primeira linha de resposta cabem ao Estado Central.

Almeida Henriques apelou ainda “para que o Governo defina uma linha uniforme de comparticipação dos testes de despistagem em lares pelos Municípios, tratando de forma igual o que é igual”.

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Back to top button