Diocese

Bispo de Viseu convida a refletir o sentido da vida, olhando para a Cruz

Em sexta-feira Santa

Na Celebração da Paixão do Senhor, na tarde de sexta-feira Santa, D. António Luciano desafiou a viver este momento “como mistério da comunhão, pelo silêncio, pela oração, pela escuta da Palavra, pela oração pelo nosso mundo ferido e magoado pela pandemia de Covid-19; por tantos agonizantes, tantos doentes internados ou sofrendo nos lares, em suas casas ou nos hospitais e que experimentam o momento de morte; por todos aqueles que, como Jesus Cristo, já experimentaram o dia da sua morte e o viveram na esperança e na confiança”.

Contemplando a Cruz, a entrega voluntária de Jesus, o Bispo de Viseu lembrava “o dom da vida eterna, da salvação, foi-nos oferecido pelo amor e pelo sofrimento, pelo perdão e pela misericórdia. É esta a experiência que o mundo de hoje experimenta nesta hora de trevas, de sofrimento e de morte, marcada pelas consequências desta pandemia”.

Partilhando as últimas frases de Jesus na Cruz, D. António Luciano desafiou os cristãos a uma maior meditação, concluindo voltado para Jesus “tudo está feito! Deste a vida por nós. Um obrigado muito profundo e comovido do coração da Igreja, do meu coração de Bispo, do coração de todos nós”.

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Back to top button