Viseu

Câmara de Viseu pede a suspensão das aulas presenciais para os alunos do 3º ciclo e do ensino secundário

A Câmara Municipal de Viseu e a Proteção Civil Municipal informaram que vão voltar a pedir a suspensão das aulas presenciais para os alunos do terceiro ciclo e do ensino secundário do concelho, por um período de 15 dias.

Segundo o comunicado, a autarquia revela que a decisão foi tomada depois da reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil face aos números de Covid-19 nas escolas do concelho. De acordo com os dados da autoridade de saúde e dos estabelecimentos de ensino, cerca de aproximadamente 2500 alunos estão em isolamento e 150 infetados, sendo que correspondem a 100 turmas/salas em confinamento preventivo, dezenas de professores e auxiliares, aos quais se juntam ainda outros casos de contágio nas famílias.

“Muitos estabelecimentos só estão a funcionar aparentemente, com alunos em regime presencial, outros à distância, professores e auxiliares infetados. Todos – alunos, professores e auxiliares – são potenciais agentes portadores de, e, para as escolas e famílias. Acresce que os 18.000 alunos do concelho representam um movimento pendular diário de cerca de 30.000 pessoas, num concelho com cerca de 100.000 habitantes, e muitos entre concelhos com transmissão ativa muito grave”, pode ler-se em comunicado.

O concelho de Viseu encontra-se em risco extremo de contágio, com um índice de 1447 casos por 100.000 habitantes, assim como se verifica a existência, na totalidade dos concelhos da região Dão-Lafões – onde Viseu se insere – de uma média de 1800 casos por 100.000 habitantes.

O comunicado refere ainda que, segundo dados transmitidos pelo Diretor Clínico do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, que a instituição já atingiu o nível Catastrófico e rutura completa, com 219 internados, 16 dos quais em cuidados intensivos

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo