Saúde

Cenário agravado pelo consumo excessivo e desnecessário de antibióticos durante a pandemia

– 1/3 dos portugueses não toma os antibióticos até ao fim do tratamento

– 1/4 da população armazena-os em casa

– Apesar de se ter registado uma evolução favorável, um terço da população portuguesa ainda toma os antibióticos de forma inadequada.

– Em Portugal, como no resto do mundo, o consumo inapropriado de antibióticos é apontado como um dos fatores responsáveis pelo desenvolvimento de bactérias resistentes. 

– Se nada mudar, em 2050 os problemas relacionados com a resistência aos antibióticos vão matar mais do que o cancro, e afetar pessoas de todas as idades, com consequências graves para a sociedade e o ambiente.

– Campanha nacional apela a que se “Tome a atitude certa”.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

edição impressa JB 25/11/2021


Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo