Viseu

Centro de Acolhimento Temporário de Viseu fechou mesmo

MISERICÓRDIA OBRIGADA A AVANÇAR COM DESPEDIMENTO COLETIVO

“A Segurança Social esteve muito pouco preocupada com a situação, nem sequer negociou. Falam muito no superior interesse das crianças, mas depois é o que se vê”, desabafou o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Viseu, Adelino Costa, ao confirmar o encerramento em definitivo do Centro de Acolhimento Temporário (CAT) depois de terminado o prazo dado pela Santa Casa para a renovação do contrato de financiamento do CAT de Viseu com a Segurança Social (SS).

Este conteúdo requer uma subscrição

Subscreva uma assinatura ou faça Login.

Emília Amaral | edição impressa JB 29/12/2022


Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo