Viseu

CIM e autarquias alertam Governo para a necessidade  de implementar mais medidas financeiras

ABERTURA DO ANO ESCOLAR

A falta de assistentes operacionais nas escolas e a regularização dos transportes eram as duas principais preocupações para grande parte das escolas do concelho de Viseu e da região no primeiro dia de aulas, 17 de setembro, a par da preocupação em implementar todas as medidas de segurança. Se por um lado o Governo não tinha assegurado a contratação de mais assistentes operacionais para dar resposta às novas regras impostas pela Covid – 19 nos vários estabelecimentos de ensino, por outro, pais, encarregados de educação e direções das escolas temiam que os horários dos transportes públicos não garantissem a chegada dos alunos ao período de aulas que lhes foi atribuído.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

Beatriz Almeida | Emília Amaral | edição impressa JB 24/09/2020

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Back to top button