Região

CIM Viseu Dão Lafões diz que Plano de Recuperação e Resiliência ignora investimentos “estratégicos e prioritários”

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões mostrou-se surpreendida por o conhecido Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) que irá levantar o país da crise pandémica não prever um conjunto de investimentos que considera “estratégicos, chave e prioritários” para a competitividade e desenvolvimento da região que representa, composta por uma área de 14 concelhos.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

edição impressa JB 04/03/2021

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo