Viseu

Dão inicia vindimas e estima quebra de produção de 25%

PRESIDENTE DA CVR DÃO: "A FALTA DE MÃO DE OBRA É UMA QUESTÃO MUITO SÉRIA"

A Região Demarcada do Vinho do Dão, que produz cerca de 25 milhões de litros de vinho por ano, iniciou esta semana as vindimas de 2020, num ano em que a Comissão Vitivinícola Regional do Dão (CVR Dão) prevê uma quebra de produção de cerca de 25% derivada à geada em algumas zonas e a ataques de míldio. As previsões apontam, no entanto, para uma colheita que dará bons vinhos. A pandemia da Covid – 19 impôs novos cuidados e regras fazendo com que “as vindimas demorem mais alguns dias”, assume o presidente da CVR Dão, Arlindo Cunha.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

Emília Amaral | Beatriz Almeida | edição impressa JB 10/09/2020

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo