Região

Em Mourilhe, Mangualde: ‘O Presépio cá de casa’, das mãos e do coração de um jovem artesão

Um presépio saído das mãos de um jovem artesão, que à exceção das imagens compradas, constrói casas, cenas e até a vegetação que procura enquadrar a mais bela e cheia de ternura recriação do nascimento de Jesus.

Miguel Rodrigues, 20 anos, natural de Mourilhe, união das freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta, abre as portas da sua sala onde o presépio saído do seu trabalho e imaginação ocupa um espaço primordial. 

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

Nuno Azevedo  |  edição impressa JB 31/12/2020


Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo