Saúde

Fumo de tabaco e COVID-19: Questões para a ciência, razões para todos nós

Por: Paulo Vitória - Psicólogo - Prof. UBI

Assinala-se a 31 de maio o Dia Mundial Sem Tabaco. Esta iniciativa é promovida anualmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS), cada ano com um tema diferente. Este ano a OMS parece ter ficado dividida na escolha do tema entre uma emergência do futuro e uma emergência do presente. A emergência do presente é a COVID-19, que é tão recente que não deve ter permitido à OMS reorganizar-se para adotar este tema em 2020. A emergência do futuro, que já vem do passado, e que é o tema oficial do Dia Mundial Sem Tabaco 2020, são as iniciativas da indústria tabaqueira para renovar os seus clientes, ou seja, as táticas para comunicar com os jovens de uma forma subtil e eficaz. Ambas as emergências trazem associados números negros: a COVID já matou cerca de 300.000 (trezentas mil) pessoas nesta altura ainda precoce da pandemia e o fumo do tabaco mata mais de 7.000.000 (sete milhões) de pessoas todos os anos.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

edição impressa 04/06/2020

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Back to top button