Viseu

Ephemera inaugurou núcleo em Viseu

IPV VAI COLABORAR NO ARQUIVO E TRATAMENTO DE DOCUMENTOS

Viseu tem desde o passado dia 6 de novembro um núcleo da Associação Cultural Ephemera, a funcionar nos serviços centrais do Instituto Politécnico de Viseu (IPV). O projeto fundado há uma década pelo historiador José Pacheco Pereira dedica-se a receber e tratar espólios que lhe chegam de todo o lado, com o objetivo de arquivar para que o futuro não esqueça o passado.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

Emília Amaral  |  edição impressa 19/11/2020

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo