Saúde

Metade dos doentes cardíacos tem mais medo da Covid-19 do que da própria doença

DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO ASSINALOU-SE A 29 DE SETEMBRO 

48% dos doentes cardíacos portugueses revelam ter mais receio da pandemia do que de um agravamento do seu estado clínico, uma situação que os coloca em risco devido à secundarização da doença cardíaca. 

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

edição impressa JB 01/10/2020

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Back to top button