Opinião

O Orçamento engorda a despesa

Um Orçamento do Estado (OE) tem sempre horizontes limitados pela amplitude das funções a que se destina e pela duração anual, contudo nunca deve apresentar-se desligado de estratégia de médio prazo.

O OE para 2021, entregue pelo Governo à Assembleia da República, não traz sinais seguros nesse sentido. O Governo procura responder aos impactos sociais e económicos da crise pandémica, embora em várias áreas de forma limitada e assume, tenuemente, preocupações sociais.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

Orlando Fernandes  |  edição impressa JB 12/11/2020

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo