Igreja

Papa critica homilias «abstratas» e distantes da realidade

O Papa criticou homilias “abstratas”, que “adormecem a alma”, pedindo uma maior atenção à realidade concreta. 

“Às vezes, acontece que as nossas pregações e ensinamentos permanecem genéricos, abstratos, não tocam a alma e a vida das pessoas. Porquê? Porque não têm a força deste hoje que Jesus preenche de significado com o poder do Espírito”, referiu, após a recitação do ângelus, a 23 de janeiro.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

edição impressa JB 27/01/2022


Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo