Igreja

Proposta de Celebração Familiar para a vivência da Ascensão do Senhor

Pai/Mãe: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos: Ámen!

Filho/Filha: Estamos a aproximar-nos do final do Tempo da Páscoa. Neste domingo, celebramos a Ascensão de Jesus ao céu. Jesus ressuscitado não nos abandona, mas continua presente e ativo no meio de nós de uma forma nova, acompanhando-nos em todos os tempos e lugares pelo seu Espírito. Vamos escutar um pedaço da primeira leitura e do Evangelho de hoje:

Filho/Filha: Do livro dos Actos dos Apóstolos. Disse Jesus aos seus discípulos: «João batizou com água; vós, porém, sereis batizados no Espírito Santo, dentro de poucos dias. (…) recebereis a força do Espírito Santo, que descerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém e em toda a Judeia e na Samaria e até aos confins da terra».

Palavra do Senhor.

Todos: Graças a Deus.

Pai/Mãe: Do Evangelho de São Mateus: Naquele tempo, os Onze discípulos partiram para a Galileia, em direção ao monte que Jesus lhes indicara. Quando O viram, adoraram-n’O; mas alguns ainda duvidaram. Jesus aproximou-Se e disse-lhes: «Todo o poder Me foi dado no Céu e na terra. Ide e ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-as a cumprir tudo o que vos mandei. Eu estou sempre convosco até ao fim dos tempos».

Palavra da Salvação

Todos: Glória a Vós, Senhor!

Pai/Mãe: Aparecem aqui dois temas importantes: a Ascensão e o mandato missionário que Jesus dá aos Apóstolos.

Jesus subiu ao céu, não como um míssil ou um astronauta ou um super-homem que se perde de vista na estratosfera. Jesus ressuscitado não subiu ao céu no sentido literal da palavra, porque Deus não vive nos espaços siderais, para lá das nuvens. Mais do que um lugar, o céu é um estado, um estar com Deus e em Deus, vê-lo, prová-lo e possuí-lo para sempre. O céu é fundamentalmente o próprio Deus, as três pessoas divinas, em cujo amor podemos participar, graças a Cristo.

Vamos partilhar um pouco sobre estas perguntas:

O que é para mim o céu? Como posso participar do céu de Jesus? Como posso fazer céu dentro de mim? 

Pai/Mãe: Vamos terminar esta nossa partilha, rezando todos juntos:

Todos: Hoje, o nosso coração 

salta de júbilo, Deus nosso Pai,

pela glorificação do teu Filho e nosso irmão, Jesus Cristo. 

Ele vive, Ele é o Senhor 

com pleno poder no céu e na terra. 

Na verdade, seu é o reino, 

o poder e a glória para sempre!

Dá-nos, Senhor, espírito de sabedoria para O conhecer.

Ilumina os olhos do nosso coração 

para que compreendamos qual é a esperança a que nos chamas 

em Cristo ressuscitado e qual é a riqueza da glória 

que tu dás aos teus eleitos.

Ámen.

Pai/Mãe: Mas outro dos temas das leituras de hoje é o mandato missionário: ide e fazei discípulos. Vamos colocar com palavras de hoje, aquilo que Jesus disse aos seus discípulos:

Filho/Filha: Ide por todo o mundo. Saí para fora das muralhas de Jerusalém. Percorrei todas as povoações da Palestina. Entrai nos países a que chamais pagãos. Atravessai os mares, mesmo os perigosos. Andai por todos os continentes habitados.

Como Eu fiz, quero que o façais também. Anunciai a Boa Nova do amor de Deus com palavras e com sinais ou milagres, porque Ele é um Deus de imensa ternura que quer dar a vida em abundância.

Pai/Mãe: Vamos agora partilhar sobre as seguintes perguntas:

Como posso hoje cumprir este mandato de Jesus? Ele também é para mim? Que quero pedir a Jesus para me sentir missionário?

Todos: Ide e anunciai a Boa Nova, 

quando partilhais o que tendes com os outros, 

quando dais atenção a quem está sozinho e triste, 

quando perdoais a quem vos ofende ou vos faz mal, 

quando escutais o que o outro tem para dizer, 

quando transmitis aos outros a alegria de viver, 

quando repartis o pão com quem tem fome, 

quando procurais ser construtores de justiça e de paz.

Ámen.

Pai/Mãe: Jesus termina o Evangelho dizendo: «Eu estarei sempre convosco». Parece querer dizer-nos: «Estou convosco com o meu Espírito. Estou como o fogo que ilumina e aquece; estou como a água fresca, que sacia a sede; estou como o vento, que não permite ficar parados. Ele estará sempre connosco até ao fim dos tempos.

Vamos partilhar sobre a seguinte pergunta:

Como podemos preparar, pessoalmente e como família, o Pentecostes que vamos celebrar na próxima semana? 

Todos: Senhor Jesus, 

Nós te damos graças porque estás sempre connosco.

Mesmo que tenhas desaparecido do nosso olhar, ficas connosco em cada dia, até ao fim dos tempos.

Nós Te pedimos que nos envieis o teu Espírito para podermos viver a missão que nos dás:

ser tuas testemunhas no mundo partilhando a tua palavra,

celebrando os sacramentos da tua presença e vivendo o mandamento do amor.

Ámen.

Todos: Pai Nosso…

Pai/Mãe: Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

Todos: Como era no princípio, agora e sempre, ámen.

Pai/Mãe: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Todos:  Ámen!

 

 

Porque o Senhor Jesus Cristo, Rei da glória,

vencedor da morte e do pecado,

subiu hoje ao mais alto dos céus,

ante a admiração dos Anjos,

e foi constituído mediador entre Deus e os homens,

juiz do mundo  e Senhor dos senhores.

Ele não abandonou a nossa condição humana,

mas, subindo aos céus, 

como nossa cabeça e primogénito,

deu-nos a esperança de irmos um dia ao seu encontro,

como membros do seu Corpo, para nos unir à sua glória imortal.

do Prefácio para a Solenidade da Ascensão

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Ver também

Close
Back to top button