Sinais da Palavra

1º Domingo da Quaresma – Ano A

Por: Pe. Nuno Azevedo

Como é importante aceitar e viver a vinda do Filho de Deus, que se faz Homem, para que os homens se tornem filhos de Deus.

Por um só Homem, Jesus Cristo, como a ingratidão humana foi vencida, como o pecado foi perdoado, como a criação foi restabelecida na sua amizade com o Criador. Por um só… para todos e por todos. Um que se oferece e dá a vida, para que todos regressem à vida.

E reconhecer que também hoje, tantas vezes, vence a tentação do pecado e, como Adão e Eva, nos sentimos nus e envergonhados perante as nossas próprias vidas. E «cobrir» esse pecado, não retira essa vergonha, essa sensação de falha e pequenez perante o imenso amor de nos sentirmos criados para tanto mais do que para a desobediência. E a verdade do dizer e sentir: «pecámos, Senhor, tende compaixão de nós».

Mas, para que sintamos que a tentação humana pode ser vencida, também Jesus, no evangelho, nos mostra que a nossa vida é tanto mais do que os «alimentos» deste mundo, nem só os do corpo, é tanto mais do que o estar à espera de «milagres» e espetáculos, em nosso benefício, é tanto mais do que o desejo de poder ou do que os «falsos deuses» que vamos criando e adorando.

Ao vencer as tentações, o Senhor diz-nos que também nós as podemos vencer, pela Palavra e pela força de Deus em nós. Basta acreditar, aceitar essa força e vivê-la…

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo