Diocese

Sentir e sentido da dor no (des)conforto do sofrimento da doença e da solidão

OBSERVATÓRIO PASTORAL

Observando ao nosso redor, parando e refletindo, deparamos que vivemos “num mundo” (con)turbado e agitado por uma pandemia que tem nome (COVID19) e que não tem um rosto visível (tem apenas o rosto anónimo do ser humano sofredor).

Olhando o sofrimento sofrido, espelhado em tantos rostos, somos levados a meditar no sentido da dor no desconforto do sofrimento, da doença, da solidão. 

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

Pe. João Pedro Ferreira Cardoso, Capelão Hospitalar

edição impressa JB 11/02/2021

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo