Opinião

Tempestade na Igreja…

“O mar estava agitado devido ao forte vento que soprava e a barca era sacudida pelas ondas, pois os ventos lhe eram contrários…”

Ao longo dos séculos e já lá vão vinte, as ondas das perseguições, das heresias, das infidelidades, das tentações e da falta de amor, não pararam de assolar a Igreja representada nesta barca, no meio do mundo, que em perpétua convulsão não para de se agitar.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

Maria Susana Mexia | edição impressa JB 01/09/2022


Mostrar mais

Artigos Relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo