Saúde

Universidade de Coimbra conquista 1,2 milhões de euros para estudar o autismo

Um consórcio internacional liderado por cientistas da Universidade de Coimbra (UC) acaba de conquistar 1,2 milhões de euros da ERA-Net NEURON para estudar o autismo.

O projeto, intitulado “Astrocytes dysfunctions in Phelan-McDermid syndrome: from mechanisms towards new therapeutic strategies (SHANKAstro)”, é liderado por João Peça, professor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e investigador do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), e conta com a participação de cientistas da Alemanha, Bélgica, Itália e Suíça.

Este conteúdo requer uma subscrição
Subscreva uma assinatura ou faça Login.

João Peça | edição impressa JB 30/12/2021


Mostrar mais

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo